• Franciscanos do RS

HOMILIA DA VIGILIA PASCAL 2020

Irmãos, Paz e Bem. O Senhor ressuscitou verdadeiramente, Aleluia!


Celebramos a Ressurreição de Jesus como também a nossa ressurreição em Crista Permitamo-nos experimentar a Luz do Ressuscitado a invadir a nossa mente e o nosso coração e todo o nosso ser, pondo na treva humana a luz de Deus. Permitamo-nos o ecoar, a vibração da Exultação pela Páscoa do Senhor, do canto do Aleluia, a ecoar e a vibrar no interior de cada um de nós e a nós encher de alegria, pois, de que nos valeria ter criado, se não nos resgatasse em seu amor?

O Senhor Ressuscitado, como novo Adão, é expressão da explosão, do surgimento, da irrupção da nova humanidade, da nova criatura, da nova criação, transformada, libertada, transfigurada e tornada sinal e presença de Deus mesmo, do seu ser, do seu amor e do seu espírito que tudo alcança, que tudo redime e a quem e a que nada é indiferente, a vida, o mundo, a natureza. Páscoa, a festa da Ressurreição, é a festa do mistério de Deus que tudo envolve, abraça e tudo engrandece e leva a sua plenitude. Mistério em que existimos, somos e nos movemos.

Páscoa a festa da vida. Celebramos a superação da morte pela vida. A vida e o amor que são mais fortes do que a morte. Já não se pode matar a vida. E cabe agora celebrá-la. Comemoremos nesta eucaristia a vida nova. O anjo disse: "Não tenhais medo. Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui! Ressuscitou como havia dito", apontando para o túmulo vazio.

Permitamo-nos, como no batismo, mergulhar, inserir, enxertar, na vida nova da ressurreição, para experimentar-nos ressurgindo, erguendo, levantando, saindo das nossas trevas, escuridões, negações, dos nossos sepulcros, das nossas morbidades, para a vida, a luz nova de Cristo nesta Páscoa.

Mergulhemos na vida nova da ressurreição para em cada queda, tombo, conflito nos relacionamentos, para em cada fracasso ou decepção, engano ou desilusão, descrença ou desesperança (nos tempos de hoje e de pandemia, mas, também acreditemos, tenhamos a esperança de que é possível a reconstrução da vida e da economia na solidariedade, na compaixão, sem exclusão de massas sobrantes), nos reerguer, nos levantar de novo, levantar do chão, nos curar de nossas feridas ou mágoas, a nos fazer prosseguir no caminho.

Ressurreição significa crer estar acompanhado do Ressuscitado enquanto caminho. O Evangelho, com alegria e sem temor, nos convida a retomar o caminho com o Ressuscitado. "Ide anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galileia. Lá eles me verão". Permitamo-nos celebrar a Páscoa durante cinquenta dias, mesmo em quarentena. Permitamo-nos celebrar a Páscoa para que o que dizemos e professamos com a mente, com a razão, seja certeza e convicção de vida que brota do coração, da vida escondida com Cristo em Deus. Acreditemos na Ressurreição, na expressão de lealdade de Deus para com Jesus e para com todos os seus filhos.

Pela ressurreição, Deus disse a Jesus: "Tu és de fato meu Filho amado, e o meu amor é eterno"; e a nós: "Vós sois de fato meus filhos amados, e o meu amor é eterno." Deus fez justiça à vítima. E isso significa dizer que, na vida e na história, a última palavra é a da justiça.

A ressurreição é a maneira pela qual Deus nos revela que nada do que pertence a Ele irá se perder um dia. Nem mesmo nosso corpo mortal. E Jesus se mostrou apenas para os que conheciam este amor. Fez-se conhecer como o Senhor ressuscitado apenas para pequeno número de amigos próximos e que ele mesmo escolhera para anunciar, como ele próprio fizera, o amor de Deus ao mundo. O Senhor se manifesta na comunidade reunida, e a sua presença e Ressurreição se tornam o grande anúncio.



34 visualizações

CONTATO

LINKS

Secretaria Provincial

SAV - Serviço de Animação Vocacional

Comunicação

Facebook

© 2019 Todos os direitos reservados - Província Franciscana de São Francisco de Assis no Brasil

logo_easy_branco.png