• Franciscanos do RS

Solidariedade às mais de cem mil vítimas da Covid-19

Os Frades Menores do Brasil celebram Santa Clara de Assis em Solidariedade às mais de cem mil vítimas da Covid-19


São Paulo, 11 de agosto de 2020.

Estimados irmãos e irmãs,

Paz e Bem!

Por ocasião das festividades de Santa Clara de Assis, primeira mulher a ingressar no movimento de Francisco, nós, Frades Menores do Brasil, nos dirigimos a todas as pessoas que sonham com um mundo melhor, de paz, de justiça e oportunidades para todos, nesse tempo de penosa pandemia. Clara e Francisco tiveram suas vidas transformadas a partir do encontro com o Senhor Excelso, Onipotente e Bom, encarnado no seio de Maria, peregrino sobre a terra. Juntos, não cessavam de cantar louvores ao Criador, adotando postura de total respeito e cuidado diante de cada bem da criação.

Na qualidade desta tradição marcada pela reverência e incondicional defesa da vida, é com muita dor que testemunhamos cenas de descaso destruição e abandono deste dom tão precioso que o Senhor nos concedeu. Em nosso chão brasileiro, mais de cem mil sorrisos se apagaram, mais de cem mil sonhos foram desfeitos e mais de cem mil famílias foram profundamente feridas pela pandemia do novo Coronavírus. Manifestamos nossa total solidariedade a cada família enlutada.

Reforçamos, ainda, nosso compromisso pela defesa da vida. A austeridade e a pobreza assumidas por Francisco, Clara e tantas mulheres e homens ao longo dos tempos, põem-nos ao lado de todos os que o atual sistema econômico despreza e descarta. Como se não bastassem os golpes que o novo Coronavírus nos inflige, somos igualmente golpeados pelo preconceito racial, pela falta de cuidados para com as populações indígenas, pela violência contra as pessoas LGBTQIA+, pelo feminicídio e pelo descaso para com o meio ambiente, aliado à destruição dos biomas mais importantes do país.

Manifestamos também nossa máxima preocupação com a escalada do desemprego. Em suas regras, Francisco e Clara insistiram no valor do trabalho. Na atual fase de nossa história, esse valor é posto à prova em nome dos interesses de um mercado que privilegia as grandes corporações financeiras em detrimento do emprego e da garantia dos direitos básicos do ser humano.

A exemplo de Clara, que nos alerta a não perdermos de vista nosso ponto de partida, desejamos voltar ao nosso primeiro amor, dedicando-nos ainda mais aos empobrecidos de nosso tempo. Com Francisco, queremos reconstruir a humanidade que subjaz sufocada pela ganância desmedida e pela gritante desigualdade social e econômica.

Nesse mês dedicado às vocações, queremos cultivar o mesmo espírito de louvor e gratidão manifesto por Clara quando escreve: “entre outros benefícios que temos recebido e ainda recebemos diariamente [...] está a nossa vocação que, quanto maior e mais perfeita, mais a Ele é devida” (Testamento de Santa Clara, 2-3). Ela, que levou uma vida orante e isolada do convívio do mundo a fim de discernir, a cada dia, os caminhos de Deus, ajude-nos, hoje, a aproveitarmos também este tempo de isolamento social para refletir sobre nossa vida, nossa vocação e missão neste mundo.

Santa Clara ilumine nosso luto e inspire nossa luta!

Frei César Külkamp, OFM Presidente da CFMB

Entidades que compõem a Conferência Ministros Provinciais do Brasil (CFMB)

– Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora – Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus – Custódia São Benedito da Amazônia – Província do Santíssimo Nome de Jesus do Brasil – Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil – Província Franciscana da Santa Cruz – Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil – Província Franciscana de São Francisco de Assis – Província Franciscana Nossa Senhora da Assunção


67 visualizações

CONTATO

Secretaria Provincial

SAV - Serviço de Animação Vocacional

LINKS

Comunicação

Facebook

© 2019 Todos os direitos reservados - Província Franciscana de São Francisco de Assis no Brasil

logo_easy_branco.png