• Franciscanos do RS

ROTEIRO DE NATAL 2019 DO REGIONAL SUL 3


Caros leitores.

Vivemos um tempo de acentuado secularismo, provocado sobretudo pela sociedade de consumo, que invade nossas famílias, comunidades e o ambiente global, de modo particular através da grande Mídia e das redes sociais. A festa do Natal é sempre mais paganizada com invasões da figura comercial do Papai Noel, carregado de presentes, como símbolos de ilusória felicidade, que pode ser comprada, e a consequente descristianização do sentido da festa natalina. Desejamos afirmar nossa fé cristã, indicando o verdadeiro protagonista da felicidade salvadora da humanidade que é Jesus Cristo, o Deus-Menino, nascido em Belém, e que veio morar entre nós.

Dentro da realidade de um Natal sempre mais pagão, ou seja, de ausência da figura central de Jesus Cristo, a Igreja convida seus fiéis a recuperar o verdadeiro sentido do Natal, oferecendo oportunidades de encontros, subsídios e celebrações, tanto para preparar como para celebrar o nascimento de Jesus Cristo em nosso meio. Além das celebrações próprias e tradicionais da liturgia do Advento, a Igreja do Rio Grande do Sul (Regional Sul 3) oferece para as dioceses um roteiro de encontros e celebrações para que as famílias ou outros pequenos grupos possam reunir-se para ouvir a Palavra de Deus (Leitura Orante), para rezar em grupo e buscar gestos comuns de solidariedade, sempre com o objetivo de preparar e celebrar o Natal cristão, também recuperando os verdadeiros símbolos natalinos, sobretudo, as figuras principais do presépio: Jesus, Maria e José.

É igualmente importante que celebremos o Natal do Senhor dentro da realidade de nossa vida pessoal, familiar, comunitária e social. O Senhor deseja nascer (renascer) no mundo real em que vivemos. O Advento sempre traz em evidência a dimensão da esperança em nossa vida. A Igreja o considera como “tempo de feliz e piedosa expectativa”. Portanto, este tempo litúrgico objetiva preparar os cristãos para a vinda do Salvador, para celebrar sua presença entre nós, como diz o evangelista São João: “A Palavra se fez carne e veio morar entre nós” (Jo 1, 14) e tornar-se nossa esperança salvadora. Vivemos um tempo em que muito precisamos de sinais de esperança e não de promessas vazias. O verdadeiro Natal consiste em acolher Jesus como nosso salvador. Com Ele poderemos dar novo sentido à nossa vida. Ele vem apagar a escuridão do nosso pecado e acender nova luz para devolver-nos o horizonte da esperança e a alegria de viver e conviver. Nosso Deus chama-se Emanuel = Deus conosco (Is 7, 14) e esta sua presença se perpetua através de todos os tempos da história humana, sempre reativando nossa esperança. Se Deus é tão bom para conosco, revelando sua infinita misericórdia em todos os tempos, nós também queremos fazer a nossa parte. Por isso é preciso preparar os ambientes de nossa vida, de nossas famílias, comunidades, paróquias e diocese.

O tema e a simbologia do Roteiro de Encontros, portanto, deve considerar a realidade complexa que vivemos, recheada por violência, medo, insegurança, crise existencial, desmotivação para a vida, suicídio, perda da capacidade de dialogar, intolerância religiosa, polarizações, etc.. Diante dos elementos desafiadores levantados propõe-se uma linha de esperança e de alegria, destacando o tema: “Natal: renove a alegria de viver”, com a simbologia da Guirlanda com o presépio (Sagrada Família). Formando assim o KIT, com Livrinho e duas guirlandas.

Escolha da Palavra de Deus para o Advento-Natal 2019: o roteiro (livrinho) de encontros propõe quatro temas e textos bíblicos como iluminação para reflexão, oração e missão:

Primeiro Encontro: Natal: alegria de viver e conviver (1, 26-38);

Segundo Encontro: Natal: alegria de sair ao encontro do próximo (Lc 1, 39-45);

Terceiro Encontro: Natal alegria de partilhar (Lc 1, 46-56);

Quarto Encontro: Natal: Alegria de contar sempre com Deus (Lc 2, 8-20).

Outros aspectos presentes nos Roteiros de Advento-Natal 2019:


1. Escritos com recomendações do Papa Francisco: saudar as pessoas, gestos de cordialidade, resgatar os bons costumes, saudar e visitar as pessoas, cordialidade, falar bem uns dos outros, comunicar a alegria do evangelho, acolher a todos em Cristo, partilhar, amizade, não deixar-se levar pelas ondas, perseverança, sentido de pertença, crer em Deus que nunca nos abandona.


2. Simbologia dos encontros, acentuando a dimensão do gesto/ser e fazer:

Primeiro Encontro: guirlanda sobre a mesa e motivar para gesto de doar uma guirlanda para alguém;

Segundo Encontro: sandália ou mochila e motivar para visitar uma pessoa com dificuldade levando palavras de ânimo e esperança;

Terceiro Encontro: um presente sobre a mesa, motivar para a partilha, presentear pessoas não tão visíveis e lembradas;

Quarto Encontro: cartão sobre a mesa com enunciado de uma oração de confiança em si e nos outros, para levar e colocar no presépio na Celebração do Natal (Neste Natal, renovo a alegria de viver ...).

Junto com os quatro encontros do livrinho, estão à disposição também duas bênçãos: a) da porta de nossa casa, com o símbolo do presépio (Sagrada Família);

b) da ceia de Natal.

Somos ainda convidados para uma Celebração da Penitência e para participar da coleta da Campanha da Evangelização.

Informe-se na sua comunidade e adquira seu kit (preço simbólico) para ter um símbolo natalino cristão na porta de sua casa e participe de algum grupo, preparando seu Natal, de sua família, de sua comunidade. Participe da campanha da recuperação dos símbolos cristãos do Natal. Que o Papai Noel nos perdoe e ceda o verdadeiro lugar do protagonismo natalino ao Menino Jesus, nos símbolos e no coração de nossa vida cristã. Desejamos um frutuoso tempo de Advento e Feliz Natal!


Dom Frei Aloísio Alberto Dilli – Bispo de Santa Cruz do Sul.

86 visualizações

CONTATO

LINKS

Secretaria Provincial

SAV - Serviço de Animação Vocacional

Comunicação

Facebook

© 2019 Todos os direitos reservados - Província Franciscana de São Francisco de Assis no Brasil

logo_easy_branco.png