top of page
  • freifranklinofm

Brasil é oficialmente inserido na Rede Franciscana para Migrantes da América Latina

Nos dias 5 e 6 de dezembro, estiveram reunidos em São Paulo (SP), frades franciscanos, irmãs e leigas, e que compõem a Rede Franciscana para Migrantes (RFM), com a

O grupo em visita ao SEFRAS

finalidade de consolidar as articulações de implantação da RFM no Brasil e assim somar aos sete países que constroem a rede na América Latina.


Esta iniciativa surgiu em 2018 durante o curso anual de JPIC realizado no México, com o tema “Migração: causas, muros e perspectivas franciscanas” e reafirmado com o mandato 28 no Capítulo Geral da Ordem dos Frades Menores, no ano de 2021.


O Ministro geral e seu Definitório, em consonância com a oficina de Justiça, Paz e Integridade da Criação (PJPIC) e a Secretaria de Evangelização e Missão (SGME), devem continuar com a implementação da Rede Franciscana do Mediterrâneo e a Rede Franciscana para Migrantes na América Latina, e continuará acompanhando projetos e processo similares a favor dos migrantes na África, Ásia e em todas as zonas de fronteira da Ordem (Mandato 28 – Júlio de 2021).


Após encontros virtuais, contando com a presença do escritório de JPIC (Roma) da Ordem dos Frades Menores, Frei Daniel Blanco, surgiu a iniciativa da modalidade presencial com a finalidade de aproximar os representantes de trabalhos existentes no Brasil com migração, e acordar pontos necessário para a continuação da RFM no Brasil.


Esta rede, por sua vez, é composta de “mulheres e homens, leigos, leigas, religiosas e religiosos, afiliados à Família Franciscana, que trabalham com temas de migração para

Frei Daniel Blanco, diretor do escritório de JPIC (Roma) da Ordem dos Frades Menores

oferecer apoio, assistência humanitária e acolher as pessoas deslocadas de seus territórios”, e para tanto, esta se tornou a principal meta para o ano de 2023 na construção da rede RFM-Brasil, firmando o mapeamento dos trabalhos com migrantes existentes no país e assim a complementação dos integrantes da equipe local.


Ainda nas prioridades de trabalho, foi visto a necessidade urgente de divulgação desta rede, tanto para atingir trabalhos desta gramatura, como para orientar migrantes que seguem buscando um caminho de esperança nas terras brasileiras. Os trabalhos seguiram com a metodologia de ouvir a necessidade das bases, representadas pelos membros nas áreas de atuação e territórios, visando pontos de convergência e concretizar uma agenda de plano de ação para o ano de 2023, otimizando as estratégias de mapeamento e, divulgação e mídia, que finda com a composição completa dos membros e a integração com os trabalhos de incidência, colaboração, acolhimento, proteção, intercâmbio e capacitação.


Em continuidade com os trabalhos de articulação da rede, e visando a urgência nos aspectos precários migratórios na América Latina, foi firmado o compromisso de encontros bimestrais para atualização de dados do mapeamento e inserção de novos membros à equipe local, findando com um encontro nacional em dezembro de 2023 abrangendo toda a expansão esperada como fruto do mapeamento e divulgação e incidência política.


Foi finalizado o encontro da RFM-Brasil com a composição de equipes de governança, mídia e divulgação, advocacy e ações humanitárias, e por fim a nomeação de Frei João Paulo Gabriel, OFM, como facilitador desta rede, compondo a equipe de coordenação da RFM.


Frei João Paulo Gabriel, OFM, facilitador da RFM-Brasil

53 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page