top of page
  • freifranklinofm

Postulantado em Guaratinguetá(SP) inicia com 17 jovens

Na manhã do dia 25 de janeiro, festa da conversão do Apóstolo Paulo, 17 aspirantes foram admitidos ao Postulantado na Ordem dos Frades Menores, durante as Laudes solenes, às 7h30, na capela da Fraternidade São José/Postulantado Frei Galvão, em Guaratinguetá. Frei Paulo Roberto Pereira, ministro provincial, Frei Marcos Andrade, secretário para a Formação e os Estudos, Frei Pedro Bruxel, secretário para a Formação e os Estudos e delegado de Frei Marino Rhoden, ministro provincial do Rio Grande do Sul, fizeram-se presentes para a recepção dos postulantes. Também os confrades da Fraternidade do Santuário Frei Galvão nos deram a alegria de sua participação. Lembramos ainda a presença de Frei Róger Brunorio, que passa uma temporada na fraternidade para reconfigurar a Exposição Permanente de Presépios, neste ano jubilar com o tema de Francisco e Greccio.


Dias de preparação


Os agora postulantes haviam chegado a Guaratinguetá no dia 20, e desde então cumpriam um programa de preparação para o início do Postulantado: orientações gerais, conhecimento da casa e dos colaboradores, convívio com os frades, tarde de retiro, divisão dos trabalhos e serviços fraternos e organizações diversas, ensaios de canto e do rito de admissão, conversa com o Frei Paulo Pereira e Frei Pedro Bruxel.


O postulantado enriquecido com postulantes gaúchos


Ingressaram como postulantes da Província da Imaculada Conceição do Brasil:

1. Antônio José da Silva Dias, com 20 anos, de Itapevi – SP. Teve como animador vocacional o Frei Jhones Martins.

2. Arivonil José Pedroso, com 44 anos, de Guarapuava – PR. Teve como animador vocacional o Frei Junior Mendes.

3. Christian Cavalcante Rodrigues, com 26 anos, de Caieiras - SP. Teve como animador vocacional o Frei Jhones Martins.

4. Daniel Santos do Nascimento, com 23 anos, de Itajaí – SC. Teve como animador vocacional o Frei Daniel Dellandrea.

5. Fábio Charleaux Luzia dos Santos, com 25 anos, de Taubaté – SP. Teve como animador vocacional o Frei Jeâ Paulo. O Fábio está retornando à formação na Província.

6. Fabrício Andreosa Martins, com 38 anos, de Magé – RJ. Teve como animador vocacional o Frei Gabriel Dellandrea.

7. Gustavo Henrique da Silva Toratti, com 28 anos, de Guapiaçu – SP. Teve como animador vocacional os frei Jêa Paulo e Gabriel Dellandrea. O Gustavo está retornando à formação na Província.

8. Jean Carlos da Rosa dos Santos, com 22 anos, de Foz do Jordão – PR. Teve como animador vocacional o Frei Junior Mendes.

9. Leonardo Haag, com 17 anos, de Frei Rogério – SC. Teve como animador vocacional o Frei Marcelo Romani.

10. Lucas Rinaldi, com 19 anos, de Frei Rogério – SC. Teve como animador vocacional o Frei Marcelo Romani.

11. Patryck Ribeiro da Silva, com 21 anos, do Rio de Janeiro – RJ. Teve como animador vocacional o Frei Róger Brunorio.

12. Paulo de Lima, com 38 anos, de Curitiba – PR. Teve como animador vocacional o Frei Samuel de Lima.

13. Rian Barros dos Santos, com 20 anos, de Itajaí – SC. Teve como animador vocacional os freis Gabriel e Daniel Dellandrea.

14. Rodrigo Santos de Souza, com 21 anos, de Belfor Roxo – RJ. Teve como animador vocacional o Frei Carlos Guimarães.

15. Victor Flemeng do Vale Almeida, com 22 anos, de Niterói – RJ. Teve como animador vocacional o Frei Sérgio Pagan.


No processo de maior integração e interajuda entre as entidades franciscanas do Cone Sul, temos a grata satisfação de acolher no grupo de postulantes de Guaratinguetá dois jovens da Província São Francisco de Assis, com sede em Porto Alegre, RS:


1. Liandro Carlotto Schultz, com 18 anos, de Agudo – RS. Teve como animador vocacional os freis Blásio Kummer e Franklin Freitas.

2. Matheus Battisti, com 30 anos, de Canoas – RS. Teve como animador vocacional o Frei Pedro Bruxel.


Destaques do rito e homilia de Frei Paulo Roberto


Particularmente forte foi o momento em que os postulantes cantaram a oração de São Francisco diante do Crucifixo, ao som de harmônio e flauta, e também quando receberam das mãos de Frei Paulo e Frei Pedro o tau franciscano. Depois, a alegria se fez perceber no canto final, animado pelos confrades angolanos Paulo Alexandre e Gualter, na hora das fotos à frente do Seminário e no delicioso café da manhã, preparado com cuidado pelo guardião Frei João Francisco.


Na sua homilia, Frei Paulo lembrou que o Postulantado é mais uma etapa da Formação, embora todo o frade seja, durante toda a vida, um permanente vocacionado, um permanente aspirante das coisas de Deus e um permanente postulante da graça de viver o caminho franciscano.


Alguns trechos:


“E naqueles presentes que Deus nos dá, esta celebração é feita no dia de São Paulo, da conversão de São Paulo. A conversão de São Paulo como experiência de adesão livre ao Senhor, de uma adesão precedida de um processo doloroso da parte do próprio Apóstolo. O encontro pessoal com o Senhor é decisivo. E o encontro pessoal com o Senhor é decisivo para a nossa conversão. Então o Postulantado seja o espaço privilegiado para isso. Um encontro pessoal transformador. Os espaços de oração, de convivência, o espaço do estudo, também ali há que se fazer o encontro com o Senhor”.

“No dia de São Paulo, vocês entrando no Postulantado, há o desejo de ir ao encontro das pessoas, de ir ao encontro das pessoas quer as cidades eliminam, rejeitam, entregam à própria sorte”.


Frei Paulo também fez alusão à memória celebrada no dia anterior, de São Francisco de Sales: “Estamos vivendo os Jubileus Franciscanos. Também São Francisco de Sales, olhando para o presépio tem uma lição bonita: ‘Nós não devemos recusar nada. Tudo é graça, até os momentos mais agudos, mais difíceis, mais inquietantes de nossa vida. Não devemos recusar nada e também não devemos desejar nada. Como o menino do presépio, desprovido de tudo, e confiantemente vivendo em tudo pela graça’”.


Agradecimentos e pedido


Expressamos nossa gratidão à Fraternidade do Seminário de Ituporanga e às Fraternidades de Acolhimento Vocacional que em 2022 acompanharam os jovens que hoje são postulantes. E os recomendamos às orações dos confrades da Província para que perseverem, sejam generosos e felizes no caminho empreendido.


Frei Walter de Carvalho Júnior OFM






615 visualizações
bottom of page