• Franciscanos do RS

A oração em Betânia

Betânia, conhecida e carinhosamente chamada como “casa da amizade”, pode ser ainda traduzida por “casa das tâmaras” ou “casa dos figos”. O nome árabe é El-Azariye, ou seja, “casa de Lázaro”.


No tempo de Jesus, Betânia era uma pequena aldeia junto ao Monte das Oliveiras que abrigava o lar daquela família amiga de Jesus, a casa dos irmãos Marta, Maria e Lázaro que por muitas vezes acolheram o Mestre.

Ali aconteceram alguns fatos evangélicos marcantes: O episódio narrado em Lucas capítulo 10, 38-42 em que Jesus chama a atenção de Marta que vive ocupada com tantos afazeres, e que é preciso escutar sua Palavra. Mas o que marcou ainda mais Betânia e a casa onde Jesus recebeu tanto amor, carinho, hospitalidade e acolhida, foi a ressurreição de Lázaro (Jo 11, 1-45). Jesus chora a morte do amigo e com esse milagre, mostra que Ele é a Ressurreição e a vida, que todo aquele que vive e crê nele não morrerá jamais. E Marta faz sua profissão de fé: Eu creio firmemente!

Acredito que nos tempos em que nos é agora concedido viver, estes fatos são luz para compreender nossa realidade e nossa vida. Vivíamos tão ocupados que não tínhamos tempo para parar e escutar Jesus. Não tínhamos tempo pra ir à Missa, agora não vamos a parte alguma.


Vivíamos preocupados com tantas coisas, tantos afazeres, que nos esquecemos por vezes de sentar-se aos pés do Mestre e escutar a sua Palavra. Deixar-se formar por Jesus, ter tempo para ouvi-Lo e contemplá-Lo. É preciso colocar-nos na escola de Maria, para que então nossa missão seja eficaz.

Outro fato, a Ressurreição de Lázaro. Ali Jesus nos coloca diante da morte com uma renovada esperança. Dá-nos a certeza da vida eterna. Basta crermos nEle e viver testemunhando esta fé. E que dizer do choro de Jesus, suas lágrimas derramadas naquele pedaço de chão, que continuam sendo derramadas com as nossas e de tantos irmãos que tem perdido pela pandemia, familiares e amigos.

Os filhos de Francisco, os franciscanos, ali se encontram desde 1889, numa vida de cuidado e oração. Custodiando aquele local sagrado, nos incluem nas suas orações. Tenha certeza que em cada lágrima derramada por um amigo, um parente que morreu, tem uma intenção sendo elevada ao céu pelos freis que ali se encontram em serviço, oração e missão.


Acompanhe a celebração da festa de Santa Marta 2020: (Clique aqui)

Inscreva-se na Obra Pia da Terra Santa, coloque seu nome em um dos santuários da Custódia e receba as graças espirituais concedidas, além de ajudar na Missão Franciscana da Terra Santa.

WhatsApp: (51) 99306-8171 Frei Paulo André Maia – Comissário da Terra Santa no RS.

Paz e Bem!

29 visualizações

CONTATO

Secretaria Provincial

SAV - Serviço de Animação Vocacional

LINKS

Comunicação

Facebook

© 2019 Todos os direitos reservados - Província Franciscana de São Francisco de Assis no Brasil

logo_easy_branco.png