MÃE

Linha Alta, 22/05/1972   Mãe – palavrinha doce Cheia de encanto e carinho De todas as criaturas Acho ser ela a mais pura A quem chamo de benzinho.   Tem um dia especial Para a ela agradecer Acho que a qualquer dia Tratando-a com alegria É melhor o seu viver.   Todos tiveram uma mãe…

AMOR

Linha Alta, 01/01/1978 A palavra mais bonita Que nesta vida escrevi A coisa mais bem escrita Que certo dia eu li. Que certo dia eu li A coisa mais bem escrita Que nesta vida escrevi A palavra mais bonita. A palavra que me refiro É a palavra amor Que entre todas prefiro Mesmo buscando na…

EXPERIÊCIA ASSIS 2009

Com licença Irmãos e Irmãs Com esta poesia nativa Saúdo a cada um de vocês Companheirada altiva Quero apresentar a cada passo Esta “Crônica Alternativa”.   Quarenta Irmãos e Irmãs Vindo de Lugares distantes Marcaram seu encontro No aeroporto gigante Onde a Equipe Coordenadora Acolheu com amor cada chegante.   De lá fomos pro “Recanto”…

A ARAPUCA

A ARAPUCA (Uma paródia da música com o mesmo nome) Taquari, 06/08/1983   Armei a arapuca Na beira da avenida Prá pegar seminarista Que vai fazer corrida:   Quem é que é que vive neste mundo sem nunca correr a pé? (bis).   A primeira vez Que a arapuca desarmou Eu fui prá lá correndo…